Entrevista com Jackson Rathbone para a revista Saturday Night.

19 de maio de 2010

Galerinha, trago mais uma entrevista com nosso queridinho Jackson Rathbone para a revista Saturday Night Magazine, e agora, como foi avisado, temos a matéria da revista. Jackson falou de The Last Airbender, Twilight, e sobre os 100 Monkeys! Corram para ler, porque está muito boa
Enquanto Rob Pattinson e Taylor Lautner estão enrolados na publicidade de Twilight, seu colega de elenco, Jackson Rathbone está aumentando junto por baixo do radar, cuidadosamente seguindo sua carreira como ator, produtor e músico. Nós nos sentamos com a estrela em ascenção de 25 anos para falar sobre seus papéis em nada mais, nada menos que dois dos melhores filmes do verão. Primeiro, ele repete seu papel como Jasper Hale em The Twilight Saga: Eclipse e depois estrela na aventura de fantasia de M. Night Shyamalan, The Last Airbender.
SNMag: Nos conte sobre seu papel em The Last Airbender…
Jackon Rathbone: Eu interpreto um jovem guerreiro chamado Sooka, que, junto com seu irmã, descobre um garoto misterioso preso no gelo; eles o libertam e acabam em uma jornada para salvar o mundo. É uma história muito fantástica que se originou do desenho da Nickelodeon e agora é uma fantasia viva épica de ação.
SNMag: Você fez algum tipo de treino ou preparação física para o papel?
JR: Houveram bons dois meses de treino de kung fu em LA e então continuei treinando enquanto filmava. Mas foi muito divertido, eu adorei. É uma das coisas muito legais sobre ser um ator: você recebe para aprender kung fu!
SNMag: Que tipo de cenas perigosas você teve que fazer?
JR: A maioria de combates corpo à corpo. Meu personagem não tem nenhuma habilidade especial… então eu fiz um monte de cenas onde eu lutava com os caras com espada e lanças e tudo o que eu tinha para lutar era um boomerangue. Era um tanto quanto irritante, mesmo quando é uma espada de plástico vindo em você.

SNMag: Como foi a experiência de trabalhar com M. Night Shyamalan?
JR: Foi incrível. O Sexto Sentido é um dos meus filmes de suspense favoritos e eu adoro outros trabalhos de Night. Então eu me senti um grande ator por estar trabalhando com alguém a quem eu tenho respeitado e admirado por anos.
SNMag: Qual foi a sua reação quando você entrou no elenco de Twilight?
JR: É uma ótima série de livros e Jasper tem uma história passada muito exuberante e eu fiquei muito animado. Mas então eu comecei a receber ligações dos meus primos e eles estavam ainda mais animados que eu então isso meio que me deixou mais contente – interpretar um personagem que minah família conhece e que está animada para me ver interpretar nas telonas.
SNMag: Você percebeu que isso ia alavancar a sua carreira?
JR: Eu não acho que isso tenha chegado a mim até que eu andei pelo tapete vermelho da premiere de Twilight. Foi quando eu pela primeira vez, fiquei tipo, “Oh uau, isso vai ser uma nova experiência para mim.”
SNMag: Qual foi o encontro com fãs mais memorável que você já teve?
JR: Nós estávamos filmando em Vancouver para New Moon e eu estava no meu caminho à Starbucks. Um monte de garotas me cercou e então eu estava tirando fotos e assinando autógrafos quando essa mulher veio até mim com uma criança de dois anos e, sem dizer uma palavra, me entregou a criança e deu um passo para trás para tirar a foto. Foi tão, meio que embaraçoso, porque a criança ficou olhando pra mim tipo, “Quem é você?” e eu olhando para a criança tipo “Desculpe cara, eu também não faço idéia do que está acontecendo.” Então ela bateu a foto, pegou sua criança de volta e saiu andando. Foi meio esquisito uma estranha empurrar uma criança nos meus braços.
SNMag: Nós vamos ver um novo lado de Jasper em Eclipse?
JR: Sim, nós vamos ver o passado de Jasper de quando ele era humano, o que foi na Guerra Civil. Então eu tive que andar à cavalo de novo – Eu cresci andando à cavalo, então foi divertido voltar nisso.
SNMag: Você gostava de filmes de vampiros antes de entrar para o elenco de Twilight?
JR: Eu definitivamente fui por muito tempo um fã do gênero de vampiros. Entrevista com o Vampiro é um filme incrível. Eu sempre amei os filmes do Drácula. E Nosferatu é lindo, um filme dos anos 20 bem trabalhado e que ainda é bom hoje, na minha opinião.
SNMag: Como é seu relacionamento com o restante do elencow Como você passava seu tempo no set?
JR: É engraçado porque interpretamos uma família nas telas e então voltar para essas sequências, é como uma reunião familiar. Muitos de nós são músicos assim como bons atores e então nós todos nos reunimos nos quartos e tínhamos sessões de improviso e criavamos músicas. Eu tocava violão e gaita, e Rob tocava violão e cantava, e Kristen tocava violão.
SNMag: Quem são alguns dos seus atores favoritos?
JR: Eu estou terminando o catálogo do Johnny Depp. Eu amo o seu estilo de atuação, é muito orgânico e pé no chão, e então é também muito sensacional ao mesmo tempo. Clint Eastwood é o cara. E Jack Nicholson, eu amo o estilo dele.
SNMag: Nos conte sobre a sua banda, os 100 Monkeys…
JR: Nós acabamos de completar 61 shows de uma turnê de 100 cidades, então estamos fazendo um pequeno intervalo. Mas é algo que nós amamos fazer. Eu tenho tocado música por muito tempo enquanto estive atuando e eu me sinto muito privilegiado em poder seguir as duas carreiras ao mesmo tempo. Uma das coisas que eu estou tentando, e interagir essa coisa de música e filmes – um dos membros da banda e eu produzimos um filme no qual nós dois atuamos, chamado Girlfriend, e os 100Monkeys compuseram a trilha sonora do filme.
SNMag: Nós temos que perguntar: Você tem namorada?
JR: Não, não, eu sou solteiro. Tem muita coisa acontecendo agora e é difícil encontrar tempo até para ir à um encontro atualmente. Mas isso não significa que eu não estou procurando. Então de vez em quando eu sempre tiro um dia livre para tentar ir à um encontro, se eu puder… encontrar uma garota legal em uma cafeteria, ou algo assim.
SNMag: O que pode nos contar sobre suas tatuagens?
JR: Eu tenho seis tatuagens. Eu estou planejando fazer mais umas duas no próximo mês mais ou menos. Eu acho que minha próxima tatuagem vai ser uma linha tirada do The Love Song of J. Alfred Prufrock, de T.S. Eliot. É um dos meus poemas favoritos.
SNMag: Que outros filmes ou projetos você tem vindo aí?
JR: Estou muito animado em colocar Girlfriend no circuito do festival e soltar meus dois próximos projetos com a minha produtora, Patchmo Entertainment. Eu estou muito animado para ficar do outro lado da câmera, produzindo e esperançosamente dirigindo dentro do próximo ano, ou no outro. É simplesmente um período muito excitante na minha vida e eu não quero perdê-lo. Eu prefiro estar trabalhando do que dormindo!
Beijossssss.

Márcia Hary Ster.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: