Quem estaria à altura do desafio de dirigir ‘Amanhecer?’

22 de maio de 2009

Breaking Dawn - Amanhecer2_thumb

Com todos os desafios à frente para qualquer um que seja contratado para comandar o projeto, a Summit deveria usar todo o seu dinheiro e investir em um diretor que entenda de maquiagem, efeitos especiais, amor adolescente e que não vá dar pra trás quando souber do bebê vampiro que cresce numa velocidade assustadora. Sem falar em ter que herdar os vampiros e lobisomens dos diretores anteriores, Catherine Hardicke, Chris Weitz e David Slade.
Quem seria digno de tal desafio? Nós pensamos em seis até agora…
Peter Jackson (“O Senhor dos Anéis”): O neozelandês tem muita experiência com histórias e diálogos carregados de emoção. Com a ajuda da Weta Workshop e seu amigo vencedor do Oscar Richard Taylor, as maquiagens e efeitos especiais estariam garantidos.
Guillermo Del Toro (“O Labirinto do Fauno”): Em “Hellboy” ele vestiu um homem adulto com látex e próteses e conseguiu um visual realista, e então criou dezenas de outras criaturas em “Hellboy II”. Uma dúzia de lobisomens e alguns vampiros seriam apenas um passeio no parque para este diretor, que está para dirigir “O Hobbit”.
Len Wiseman (“Anjos da Noite”): Se Slade (“30 Dias de Escuridão) pode dirigir “Eclipse”, então Wiseman definitivamente poderia emprestar sua experiência com vampiros e lobisomens para “Amanhecer”. Ele teria que deixar o tom gótico de lado, mas trazendo junto sua esposa, Kate Beckinsale, para uma participação como vampiro seria melhor ainda.
Andrew Adamson (“As Crônicas de Nárnia”): Misturar fantasia com realidade é o seu forte, o que seria uma progressão natural do que nós vimos até agora. De um Mr. Tumnus (James McAvoy) em carne e osso, para um Aslam gerado em computador, Adamson tem muitos truques para tirar da cartola quando chegar a hora de fazer Renesmee parecer real.
Sam Raimi (“Homem Aranha”): Raimi é o encontro do horror com a ficção científica, e ele não tem medo de romance. Seu humor pode fazer maravilhas com a atitude sarcástica de Jacob no último livro. Ele também é o mais indicado para a cena perturbante do parto de Bella.
Alfonso Cuarón (“Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban”): O diretor favorito entre os cineastas de Harry Potter, ele também foi quem trouxe Lupin (também conhecido como o professor lobisomem) para as telonas. Cuarón despiu (no sentindo mais inocente da palavra) os adolescentes e fez com que a audiência se identificasse mais facilmente com eles, o que Stephenie Meyer com certeza apreciaria.

F: Twilight Team
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: