Entrevista com o Rob

10 de abril de 2009

Fonte: One Special e Robert Pattinson Oficial

robert-pattinson-hands
Nesta entrevista Robert Pattison se revela como nunca fez antes. Ele não esconde suas dúvidas, fracassos e esperanças. O intérprete de Edward Cullen também tem seu lado obscuro e reconhece sua falta de auto-confiança. Encontro com um ator sensível e profundo.

Você cortou o cabelo. Isso é para o seu próximo filme?

Não, não mesmo, eu fiz isso só por rebelião. Quando Crepúsculo foi lançado, os produtores me disseram: “Você não pode tirar fotos ou ir à premiere com esse cabelo. Parece que você acabou de sair da cama!” Mas eu não dei a mínima e disse a eles que era problema meu. Então as fãs adoraram meu estilo, e os mesmos produtores me disseram: “Ótimo, não mude nada, você tem que manter esse cabelo”. Nessa hora eu decidi cortar meu cabelo bem curto. Só pra contrariar. (risos)
Você nem sempre levou o trabalho de atuar seriamente…

Eu sempre levei a sério, mas, por um tempo, eu tinha vergonha de dizer que era ator. Eu achava isso embaraçoso e quando alguém me perguntava o que eu fazia, eu mentia fingindo fazer alguma outra coisa. Eu pensava que era meio ridículo dizer que eu atuava para ganhar a vida. Eu não gosto de usar a palavra “atuar” para descrever meu trabalho. Eu prefiro dizer “criar”. Eu penso que é mais próximo à realidade e exemplifica a idéia que eu transformo um material não-processado, o texto, em um personagem de carne e osso que as pessoas vão lembrar.
Poderia nos explicar sua mania de propor casamento à garotas que você acabou de conhecer?

É algo que eu uso para flertar desde que eu tinha idade para me interessar por garotas. Acredite, é realmente eficiente! É um bom jeito de quebrar o gelo, de fazer a garota rir ou de fazê-la acreditar que você está falando sério e que não está só procurando um caso [você sabe, algo curto, mas eu não acho a expressão certa]. Se não funcionar, eu uso alguma outra coisa. Eu sento perto dela e falo seriamente: “Eu acabei de sair da cadeia.” Você deveria ver o medo nos olhos dela! (risos) Na verdade, como eu sou tímido, eu não consigo conversar normalmente com uma garota que eu não conheço. Eu prefiro fingir. No começo, pelo menos…
Você parece se divertir com seus parceiros de Crepúsculo no set de filmagens. Você poderia nos contar algum acontecimento engraçado?

Nós tivemos muitos problemas gravando por causa do tempo. Um dia, as nuvens tinham que esconder o sol para podermos trabalhar. Aí então, nós todos começamos a fazer uma dança para fazer as nuvens aparecerem. Todos os atores deram as mãos, e os extras também se juntaram a nós e dançaram também. No final, todos estavam dançando no set. Foi uma loucura! (risos). Era “Crepúsculo – O Musical”! O mais engraçado foi que, na verdade, funcionou. Finalmente as nuvens esconderam o sol.
Qual foi a última vez em que você teve um encontro estranho com uma fã?

Uma mãe me deu seu bebê e simplesmente me perguntou: “Você poderia morder a cebeça dele?” Você pode imaginar isso? Eu não fiz isso, mas eu disse a mim mesmo que você tem que ser muito louco para pedir uma coisa dessa! Mas falando geralmente, as fãs mais loucas são as que querem pegar meu cabelo, me levar nos braços delas ou conseguir o número do quarto do hotel em que estou hospedado.

Você é de Londres, mas agora você mora em Los Angeles a maior parte do tempo. Você gosta de morar nos EUA?

Eu realmente gosto de algumas coisas nos Estados Unidos. Por exemplo, eu tirei minha carteira de motorista nos EUA, durante a filmagem de Crepúsculo. Eu tive apenas 10 horas de aula para ter uma carteira internacional. Acredite, mesmo que eu tenha a carteira, eu sou um péssimo motorista (risos). Mas, na verdade, eu não gosto muito de morar em LA. Lá, as pessoas gostam apenas de sair para balada a noite, e eu não gosto disso. Eu prefiro ficar em casa lendo ou tocando música. Ao menos, eu vou ao cinema, mas eu não me sinto no clima de festas de LA. Além disso, eu nem tenho uma residência lá. Eu alugo uma apartamento mobiliado. E eu sinto muita saudades de Londres, do cheiro de lá, da atmosfera. Quase me faz chorar…E minha cachorra Patty ficou lá, porque é muito complicado para trazê-la aos EUA.
E o que você acha de Hollywood?

Eu odeio a situação atual da indústria de entretenimento nos EUA. Ótimos roteiros são constantemente rejeitados pelos estúdios de filme, que pensam apenas em fazer dinheiro e tomam os espectadores como idiotas. Fazendo isso, eles colocam toda originalidade do projeto de lado para torná-lo mais comercial. Mas esse tipo de coisa não garante o sucesso. Eu realmente gostaria de confiar nas produtoras um dia. Eu gostaria que eles dessem mais chances para bons escritores e novos diretores. Eu gosto de pessoas que arriscam. Eu sonho em criar uma corporação onde pessoas talentosas trabalhariam em harmonia, sem a pressão financeira. Eu acho que é a única maneira para criar trabalhos artísticos reais.
Você viajou quase o mundo inteiro para promover Crepúsculo. Você gostou?

Foi exaustante, mas foi uma ótima oportunidade de conhecer novas cidades também. Então, eu decidi aproveitar o máximo que eu pude. Mesmo tendo que acordar muito cedo no outro dia, a noite, eu sempre saía para ver como era a vida noturna em Chicago, Roma, Paris.
Que tipo de mulher você gosta?

Eu na verdade não tenho um tipo. Mas eu gosto das meninas mais malucas que não têm medo de nada. O tipo de menina que não tem medo de tomar o primeiro passo e vir flertar comigo. Durante um tempo, eu realmente preferia mulheres inacessíveis. Aqueles que não prestavam atenção em mim, não importa o que fizesse. Mas eu mudei agora. Eu parei de querer o que eu não podia ter.
Falando de amor, você é parecido com o Edward?

Não, não sou. Eu não sou protetor como ele. Se uma menina precisa da minha proteção, eu estarei aqui. Mas eu nunca senti a necessidade de cuidar de alguém, corpo e alma. E eu estou distante de ser romântico como ele.
Você se sente intimidado pela sua fama repentina?

Honestamente, eu não me assusto tanto para atender às expectativas das pessoas. Quanto mais as pessoas dizem que você é o máximo, mais você tem que provar. O outro problema, quando você se torna famoso, de repente muitas pessoas começam a querer tirar proveito de você. Além disso, eu sinto falta de muitas coisas, e sobre tudo, andar à lazer nas ruas sem ser reconhecido… A única coisa boa é o dinheiro (risos). Mas eu estou longe de ganhar como o Brad Pitt ganha. Mas seria ótimo. Eu gostaria de receber mais!
O que sua família pensa do seu sucesso?

Não muito. Eles estão felizes por mim, mas suas atitudes não mudaram e isso é uma coisa boa. Minha mãe continua me chamando de idiota! (risos) Ela sempre pensou que eu trabalhava para nada.
Apesar de tudo, você está orgulhoso do seu sucesso?

Eu tenho que admitir que sim eu estou. Até então, eu sinto como se eu tivesse fracassado frequentemente na minha vida. Eu não era muito bom na escola, e nem também como modelo e eu estava prestes a desistir de atuar quando fui chamado para fazer Crepúsculo. Na época, eu estava tão acostumado a fracassar que isso não me afetava mais. Mas agora, ao menos, eu sinto que eu cumpri algo e que eu estou no caminho certo.
Parece que você está com uma baixa auto-estima. É esse o caso?

É, mas era muito pior quando eu era adolescente. Eu era tímido, fechado e eu estava realmente com pouca auto-estima. O ano dos meus 17 anos foi o pior. Eu estava completamente confuso, porque eu não sabia o que eu ia fazer após o colégio. Eu senti como se eu nunca fosse encontrar meu lugar no mundo. Quanto aos relacionamentos, não era melhor. Eu fui apaixonado pela mesma garota por anos, mas eu nunca me atrevi a falar com ela. Anos depois, quando eu finalmente resolvi conversar com ela, ela ficou surpresa. Ela nunca notou nada. Eu me tornei um ator para impressioná-la, mesmo que isso não permitisse que eu a seduzisse! (risos).
Quando você teve sua primeira namorada?

Eu beijei uma garota pela primeira vez quando eu tinha 12 anos, mas eu tive minha primeira namorada aos 18.
Você gostaria de ser imortal como o Edward?

Não, eu não gostaria. Talvez eu seja muito novo para apreciar a perspectiva de uma vida eterna, mas eu não tenho medo de envelhecer ou morrer. Mas me pergunte isso quando eu estiver morrendo e talvez eu darei uma resposta diferente (risos). Além disso, a vida de um vampiro não parece ser muito divertida. O Edward é meio tenso. Ele é um homem de 108 anos, em um corpo de um adolescente de 17, considerando que por dentro, eu sou uma criança de 6 anos! (risos)
Quais cenas você mais teme em Lua Nova, a sequência de Crepúsculo?

Todas as cenas nas quais eu uso lentes de contato! (risos) Fui muito doloroso para usá-las no primeiro filme. Eu tenho olhos sensíveis e colocando essas lentes, era uma tortura diária. Eu sentia como se eu tivesse areia nos meus olhos o dia inteiro. Então, dessa vez, eu avisei os produtores. Eu disse para eles que seria melhor se eles usassem efeitos visuais para colorir meus olhos. Eu espero mesmo ter os convencido. Mas como irá custar mais dinheiro, eu temo que eles pensem que é normal um ator sofrer pela sua arte. Azar o meu! (risos)
Rob, sobre esses dois próximos filmes: Little Ashes e How To Be

– Little Ashes

Eu gravei esse filme no ano passado (2007) e eu realmente fiquei extasiado. Eu me investi por completo nele. Nós gravamos com um grupo que só falava espanhol, e eu não falava. Mas eu realmente mergulhava nessa atmosférica hispânica especial até o ponto que se tornou uma obssesão. Eu literalmente sonhava com o meu papel durante a noite. É graças a esse filme que eu me tornei consciente de que eu amo esse trabalho. Foi a primeira vez que eu fiquei satisfeito com a minha performance. Por sorte, depois disso, eu consegui o papel de Edward em Crepúsculo.
– How To Be

Esse pequeno filme inglês não achou uma distribuidora em lugar nenhum no mundo, porque é impossível resumí-lo. A indústria do entretenimento não sabe ao certo o que fazer com isso. Entretanto, o filme é íncrivel; ele participou de uma turnê de festivais onde obteve muito sucesso. Eu decidi interpretar o Art por causa do roteiro que era muito estranho. Eu realmente espero que com a ajuda das fãs de Crepúsculo, que querem ver o filme por minha causa, será realizado.

Kristen Stewart sobre o Rob.

Você tem a sensação de que o Robert mantém seu jeito de ser apesar de seu grande sucesso?

Eu conheço Rob muito bem e eu sei que ele não é o tipo de pessoa que irá se deixar levar pelo sucesso. O que eu estou vivendo agora não é nada comparado com o que ele está vivendo. As pessoas me deixam em paz. Ele recentemente voltou para Londres para encontrar um pouco de paz na sua vida, e eu compreendi totalmente. Ele não tem a intensão de deixar o sucesso subir a sua cabeça.

Stephenie Meyer sobre o Rob.

É verdade que você fez o Robert ler alguns capítulos de Midnight Sun, para que ele compreendesse melhor o seu papel?

Sim, é verdade. Robert teve dificuldades em entender o personagem de Edward. Então, eu o fiz ler esses capítulos. Para dizer a verdade, quando nos conhecemos pela primeira vez, Robert e eu tivemos algumas opiniões divirgentes sobre como interpretar o Edward. Robert realmente queria interpretá-lo do seu modo, mesmo que significasse fugir do que dward era no livro. Mas, no fim, eu acho que ele encontrou um bom caminho. Eu não poderia ter sonhado com um melhor ator para interpretar esse personagem. Robert é um cara sensível e pensativo, assim como Edward. Se nós adicionamos a isso que ele é extremamente lindo, nós entendemos porque ele foi feito para esse papel.

Anúncios

4 Respostas to “Entrevista com o Rob”

  1. michele Says:

    oi
    brigada pela visita novamente kk³
    olha…eu peguei uma ft sua do Rob no piano,espero que naum se importe(se eu postar colocarei os créditos)
    e até indicarei seu site,ok???
    mas se vc achar que tem problema entaum me avisa tudo bem?
    beijos
    obs.:naum vou postar sem sua permissão…

  2. michele Says:

    AH ENTAUM TD BEM!!!
    OBRIGADA POR TUDO MSM!!!
    BIJAUMM

  3. jessica Says:

    Iam jessica e adorei sua entre vista[menos aparti q nao e igual o edward]eu love seu personagem e até sonho c/ ele.[rsrs].
    [BIS][BIG] LOVE ♥ YOUUU!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: