Rob é entrevistado pela revista FREE

4 de abril de 2009

 
Como você se sente ao conseguir um papel quando foram chamados tantos outros atores? Os fãs do livro conseguiram mais de 75 mil assinaturas porque não queriam você. Como se sente em relação a isso?
“Quando você vai à uma audição pra um papel que todos consideram de um homem perfeito, você espera que muitas pessoas fiquem desconfiadas. Mas eu não realmente me importo.”

Existem muitas garotas que gostariam de ir pra cama com você. Como você lida com isso?
Eu não sei. Eu não tenho nem tempo suficiente de ficar em minha casa. Eu somente me encontro com jornalistas. Mas é muito estranho quando pessoas de 10 anos de idade chegam até mim e digam “Me morda, por favor”.

Falando em morder, quem você gostaria de morder?
Eu não acho que eu gostaria de morder alguém. Eu não gosto de mordidas.

Você alguma vez teve lições de como gerenciar o seu comportamento? Seus fãs são pessoas novas. Teve alguém que te disse o que fazer ou como ser?
Sim! Mandaram-me em um centro pra aprender a como me comportar na mídia. Eu pensei que era algo estúpido. Eu poderia fazer o que quisesse porque sou um vampiro nas telonas. Esperavam que eu tivesse o perfil de cara “do mal”. É hilário. Eu me lembro de quando eu fui ao centro, Eu estava me divertindo com as perguntas deles e eles pareciam perturbados. Acusaram-me de me opor a aprender a como me comportar para a mídia.

O que é mais importante pra você? Ser um ator ou um músico?
Ambos, na verdade, são importantes pra mim. Eu acho que os levo seriamente. Quero dizer, eu não venho compondo por muito tempo, não quero ser outro ator que atuou em um filme de sucesso e lançou um álbum. Eu quero compor um álbum bom de verdade, mas às vezes acho que isso não será nem comparável com atuar.

Qual tipo de música você quer fazer? Indie rock ou folk?
Rock Folky

Você tem uma música na trilha Sonora de Twilight. Você pediu ao diretor pra escrevê-la?
Bom, eu tinha a escrito há muito tempo atrás. Um colega deu isso para a diretora e ela a colocou na cena, sem me dizer. De primeira, eu não a reconheci. Eu estava feliz e sugeri pra que ela a colocasse, me deixando anônimo, mas eles não me permitiram por causa do mercado. Aquela foi a primeira música que eu gravei oficialmente.

Como era a sua vida antes de conseguir o papel de Edward Cullen?
Ano passado, eu tinha um apartamento no Soho, onde você poderia ir até o telhado e ter uma linda vista. Eu tocava música e tentava gravá-la. Mas então, quando fui para a Espanha para o filme “Litter Ashes”, tudo mudou. Foi a primeira vez que eu estava pesquisando sobre algo. Eu não tinha visto o filme ainda, mas bom ou ruim, certamente ele mudou a maneira que eu sentia sobre atuar e me fez mais obediente sobre o que eu posso conseguir atingir atuando quando eu vir os scripts.

Como você fazia pra pagar o seu apartamento no Soho?
Não era grande. Na verdade, é o menor apartamento que você verá, e estava vazio. Tinha somente duas cadeiras de jardim e nada mais. Sem tapete, aquecedor ou banheiro. Eu tinha que ir para a casa dos meus pais pra tomar um banho. Mas era perfeito. Eu achava o meu estilo de vida meio boêmio. Eu fiquei triste quando o deixei.

Por que teve que deixar?
Teve uma reforma em Londres e o aluguel passou pra cinco mil libras. Eu estava nos Estados Unidos durante um ano inteiro por causa das filmagens de Twilight. Eu estava praticamente pagando por um apartamento que meus amigos estavam vivendo. Então, o deixei.

Você sente falta de Londres?
Sim, muito. Eu estive lá dois dias atrás e fiquei surpreso com o quanto senti falta.

Aonde vive agora?
Em lugar nenhum.

Então, você é um rapaz boêmio novamente?
Sim, de certa forma…

Você está animado com a idéia de que será um “vampiro” pelos próximos dez anos?
Sim, mas não acho que dure todo esse tempo porque os vampiros não envelhecem. Então eu não posso fazer isso por mais do que dois anos. Seria ridículo.

Você tem contrato por quantos filmes?
Por três filmes. E as filmagens de Lua Nova já começaram.

O que você acha que fez as pessoas tão interessadas em vampiros neste momento?
Eu não sei. É como o fenômeno do dominó. Algo foi bem sucedido e então todos querem filmar scritps com vampiros.

Você gosta de vampiros?
Sim. Mas não entendo aqueles que dizem que gostam de tudo que tem relação com vampiros. Eu gostei do primeiro Nosferatu e coisas assim.

Você é viciado em algo?
Eu era bem viciado em Van Morrison.

 
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: